Fale Conosco

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) saiu em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deve ter, nesta terça-feira (23/4), um recurso contra a condenação no caso do triplex do Guarujá (SP) julgado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).
“Torço para que, na lei, o STJ repare a condenação do presidente Lula”, tuitou o senador, para quem a prisão do ex-presidente é “caracterizada por motivação política, atropelos legais e absoluta parcialidade de quem o condenou”, em uma crítica ao agora ministro da Justiça Sergio Moro.

Renan Calheiros

@renancalheiros

Torço para que, na lei, o STJ repare a condenação do presidente Lula. Caracterizada por motivação política, atropelos legais e absoluta parcialidade de quem o condenou.

Lula

@LulaOficial

Desde 7 de abril de 2018, milhares de pessoas já passaram pela Vigília Lula Livre. Do “Bom dia” ao “Boa Noite”, Lula nunca esteve sozinho desde que foi trazido injustamente a Curitiba. A seguir, uma imersão nesse universo de resistência e companheirismo: https://www.facebook.com/Lula/videos/297744944477445?sfns=mo 

Lula tenta reverter a condenação de 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O julgamento está marcado para as 14h desta terça-feira e será feito pela Quinta Turma da Corte. Mas o julgamento pode ser interrompido por um pedido de vista (mais tempo para análise), segundo dois ministros do STJ ouvidos reservadamente pelo Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.