Fale Conosco

O empresário Rodolfo Pinheiro procurou nosso blog para denunciar fatos estarrecedores, parte deles já revelados na tribuna da Assembléia Legislativa da Paraíba, quando o mesmo aproveitou o depoimento do também empresário, Daniel Cosme (denunciante do escândalo dos livros) para revelar um suposto esquema que envolve a compra superfaturada de móveis escolares.

No dia 6 de junho deste ano o Diário Oficial do estado da Paraíba tornou pública a compra de 50 mil cadeiras acadêmicas no valor de R$ 8,7 milhões da empresa Delta Produtos e Serviços Ltda., conforme a ata de registro de preços  nº LXXI do Governo do estado do Piauí (Pregão Presencial 080/2010), com a Secretaria de Educação da Paraíba.

O caso foi parar na controladoria Geral do Estado, que emitiu o relatório nº 050/2011, onde restam evidenciadas as seguintes irregularidades:

1)      O contrato foi assinado por representante da empresa com procuração vencida.

2)      Parte do pagamento de R$ 4,5 milhões foi efetivado com certificado de regularidade do FGTS também vencido e sem a apresentação de certidão negativa de débitos municipais. Resumindo, o governo jamais poderia ter pagado um centavo sequer a empresa…

3)      Há divergência da Ata de Registro de Preços e o que foi pago pelo governo .

Nos bastidores, segundo Rodolfo, Delta e Desk são empresas que pertencem a mesma família, sendo que a segunda se encontra com condenação por envolvimento em crime de improbidade no estado de São Paulo.

Veja a “sede” da empresa que negocia móveis escolares em todo Brasil.

casa

É mais que hora de investigar esta confusão!