Fale Conosco

 

A cidade de Campina vive uma incerteza. Quer saber quando começa o ano letivo na rede pública estadual. 

O secretário de Educação Fernando Abath adiou para 17 deste mês, mas lá em Campina a onda de demissões promovida pelo governador impede que as aulas recomecem nesta data. 

É que em alguns colégios as tarefas administrativas e didáticas eram tocadas por professores temporários e comissionados e estes representavam até 90% do quadro de servidores na maioria das escolas. 

Com a notícia da demissão em massa, poucos continuaram trabalhando sem a certeza de que receberiam. Mas há casos em que a escola só se mantém aberta devido ao trabalho voluntário de quem detém cargo de confiança e ainda não sabe se foi demitido ou não. 

Como esta dúvida acabará nesta sexta-feira, Campina é um grande ponto de interrogação?