Notícias

Regime ditatorial: Lívia Carol liga para TV Club e pede cabeça de funcionários

Tá tudo dominado, ou pelo menos, quase tudo.  A estratégia de calar a boca da imprensa a todo custo parece mesmo ser a principal meta da Secretária de Comunicação da Prefeitura de João Pessoa, a jornalista Lívia Carol.

Quem tenta falar com o prefeito através de agendamento prévio com a Secretária está perdendo tempo. A função principal de Lívia é dificultar e impedir a aproximação dos jornalistas ao prefeito, e caso alguém reclame, a Secretária está com as armas apontadas para metralhar seja quem for.

Foi exatamente isso que aconteceu semana passada com o jornalista Napoleão de Castro, da TV Club. O colega tentou agendar, por várias vezes, uma visita do prefeito ao programa “Primeira Hora” e recebeu negativas em nome de Lívia. Ela nem se deu ao trabalho de atender ao colega da TV Club para explicar os motivos pelos quais o prefeito NUNCA “tem tempo” de ir ao programa.

Depois que Napoleão fez a reclamação no ar sobre a dificuldade de conseguir um contato com o prefeito, a moça imediatamente ligou para a emissora com o discurso de Hitler, ameaçando a empresa e pedido a cabeça dos colegas.

Na manhã de hoje, Napoleão respondeu a Lívia em nome da TV Club: “Esta empresa não participa da dança das cadeiras que está sendo feita em outras casas da mídia paraibana. Não é um telefonema da Secretária que mudará nosso compromisso com a responsabilidade da notícia.”

Entendeu? Não são todos os jornalistas que estão dispostos a fazer parte do jogo sujo, porém silencioso, que é proposto pelas administrações do PSB.