Notícias

A reeleição de Ricardo Marcelo é a garantia de contraponto saudável para a democracia

A reeleição do presidente da Assembleia, Ricardo Marcelo,  para mais um biênio deve ser prioridade para todas as forças da política paraibana,  menos para o próprio governador Ricardo e o seu PSB. 

Reeleito para mais quatro anos e favorito para ocupar uma das duas vagas de senador em 2018, Ricardo já tem poder em excesso nas mãos e essa concentração precisa ser equalizada com um contraponto.

A reeleição de Ricardo Marcelo é o ponto de equilíbrio que garante mão e contra mão. Andar em mão única levaria a classe política a um enfraquecimento perigoso. 

Dessa lógica de que não se pode depositar todos os ovos na mesma cesta é que concluo que o voto secreto vai surpreender no próximo dia 1 de fevereiro. 

“Adriano Galdino já é carta fora do baralho”, me garante uma fonte.