Fale Conosco

Com a aprovação na última sexta (06), pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) o partido da ex-senadora Marina Silva, Rede Sustentabilidade chegou a ter oficializado pela justiça eleitoral onze diretórios estaduais, número muito superior que os 9 necessários em âmbito nacional para o registro do partido. 

Segundo o ex-deputado federal Walter Brito Neto, com essa decisão o partido poderá ter candidatura própria para o governo da Paraíba, nas eleições de 2014.

Para obtenção do registro nacional, é necessário que o partido se organize em 9 Estados e obtenha em âmbito nacional o apoiamento de 491.656 eleitores, o que corresponde a 0,5% dos votos dados na última eleição para a Câmara dos Deputados.

Segundo a Rede, o partido já ultrapassou o número mínimo de diretórios estaduais oficializados pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). Os diretórios foram homologados em onze Estados: Acre, Amapá, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Piauí, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. O partido já fez o pedido de registro em 16 unidades da federação.

“Esse marco mostra que os resultados do nosso trabalho estão se concretizando e nos dá a certeza de que o anseio de milhões de brasileiros por uma nova forma de fazer política em breve se tornará realidade”, afirmou Marcela Moraes, coordenadora nacional do processo de coleta de assinaturas da Rede.

Para Walter Brito Neto, ainda sem partido, mas com uma clara intenção de se filiar a Rede Sustentabilidade, o partido pode enriquecer muito o debate político na Paraíba. Queremos construir uma via alternativa e propor algo novo e diferenciado dessa política viciada, arcaica e decadente que vem imperando por décadas no nosso Estado, disse o ex-parlamentar.

De acordo com os bastidores políticos esse nome da Rede para disputar o Governo do Estado pode vir a ser o do atual deputado federal Major Fábio (DEM), que não esconde sua insatisfação com o seu partido atual e com o fim da fusão do PPS com o PMN que criaria o MD, restou essa saída para o parlamentar, que deve dar a tão conhecida prática na política paraibana de ré para traz, e não se filiar ao PMN de Lídia Moura, mas sim a Rede de Marina Silva.

Inclusive o deputado já assinou ficha número 546.687 de apoio a criação do Rede Sustentabilidade (Rede), partido esse partido em vias de fundação pela ex-senadora Marina Silva.

A assinatura aconteceu a convite da jovem liderança da cidade de Bayeux, Leo Micena, no mercado público do município durante coleta de assinaturas por parte dos mobilizadores da legenda. 

Major Fábio disse que atendeu ao convite de Leo para assinar a ficha do partido em Bayeux pelo fato de ter quase 5 mil votos na cidade, sendo um dos mais votados, e que considera importante para a democracia brasileira a fundação da Rede. O deputado se solidarizou com a militância no esforço para conseguir as mais de 555 mil assinaturas necessárias à obtenção do registro definitivo da legenda junto à Justiça Eleitoral.