Fale Conosco

Não sei se é mentira inventada pela SECOM ou se a SECOM mente porque recebe ordens superiores para se portar assim, mas grande parte do que o governador Ricardo Coutinho está anunciando hoje em Campina é mentira.

Por exemplo, esse termo de cooperação entre a Secretaria Estadual de Saúde, o Hospital de Emergência eTrauma de CG e o Hospital Pedro I, convênio esse que, segundo avaliação da secretária de Saúde de Campina, tatiana Maedeiros, “não acrescenta nada para a estrutura de Saúde da cidade, pois serão 30 leitos de enfermaria e 3 leitos de UTI, no Hospital Pedro I ,para dá retaguarda aos pacientes atendidos no Trauma – mais de 60% dos pacientes atendidos não são de Campina -, o curioso, sem nenhum pagamento mensal para esse Hospital , já que esses pacientes oriundos do Trauma são custeados pela Secretaria Municipal de Saúde de CG”, explicou.

“Somos nós quem vamos bancar o presente que ele diz ter trazido para nossa cidade”, revelou a secretária de Saúde Tatiana Medeiros, acrescentando que  a PMCG repassa cerca de 400 mil reais por mês para o Hospítal Pedro I

Veja como as coisas realmente são e como esse governo fratura a verdade. De fato, a contrapartida estadual será a doação de equipamentos para o Hospital Pedro I, em sua maioria sucateados.

Como pode um governador ir à Campina na véspera dos 147 anos de emancipação da cidade anunciar um benefício que não está sequer custeando?

RC negou ajuda ao Maior São João do Mundo num ato de mesquinhez, deu cansaço em Veneziano fazendo-o esperar durante horas em uma antessala do Palácio da Redenção e agora atira com a pólvora alheia ao anunciar um benefício bancado pela gestão Veneziano como se a ação fosse sua.