Fale Conosco

No evento de hoje pela manhã no teatro Paulo Pontes do Espaço Cultural o governador Ricardo Coutinho fez um discurso como se estivesse em campanha prometendo.

De um candidato se espera promessas, de um governador eleito ações. A ficha do socialista ainda não caiu e cada vez menos tem gente mantendo um quarenta dentro do coração.

E vou, vai ser, eu prometo, vai ter. Ninguém aguenta mais essa conversa mole. O povo escolheu a plataforma de Ricardo e ele tem que governar.

Anunciar o que vai sair do papel 100 dias após assumir é a maior de todas as caras de pau e a gestão de Ricardo fica cada vez mais parece com a segunda de Burity. Um desastre.

Aliás, Burity mandou a Polícia bater em estudantes poucas semanas após assumir o governo.

Outra coisa que parece é o tratamento que ele dispensa aos servidores. Burity demitiu, perseguiu e no final deixou meses em atraso.

Cássio, que não deu as caras, teria confidenciado a amigos que Ricardo é um Burity e vai acabar só.