Fale Conosco

A cúpula da Segurança Pública não tem culpa e aqueles que insistem em culpar a cúpula por uma culpa que ela não tem escamoteiam o que é liquido, certo e ululante. A culpa é do governador e  de sua falta de estratégia e traquejo para lidar com seres humanos. Daí surgiu, cresceu e espalhou-se o boato de que a Paraiba é uma terra sem Lei.

O Botafogo e o 13 jogam no Almeidão, dia de festa na Capital. Logo ali ao lado, na Empasa, a bandidagem explode um caixa eletrônico. E talvez tenham feito o serviço e depois ido ao estádio assistir o clássico. Quem iria suspeitar de 3 ou 4 em meio a milhares? Aliás,  a Polícia nem procurar foi.

A estatisca agora é a de um assalto a banco a cada dois dias e é provável que os marginais estejam circulando com tranquilidade por aqui e quem sabe eu ou você tenha conversado sobre a violência com um deles numa padaria ou até numa caminhada matinal no Calçadão da Praia.

A Paraíba é vendida como um balneário sossegado e tudo quanto é bandido comprou esse conceito e decidiu se instalar aqui nesse tripé com Recife e Natal.

Eu sei que o secretário de Segurança diz coisas que não devia dizer e por ser policial federal tem queimado sua categoria, mas além de um filho chegado as viajens psicodélicas não tem exatamente nenhuma culpa pela insegurança pública. 

Eu sei que o comandante da PM é alvo de algumas suspeitas investigadas pela corregedoria,  mas além da aparente discrepância entre renda e padrão de vida não pode ser culpado pela violência sufocante. 

A culpa deve ser creditada hierarquicamente.  Eles são executores de uma política pública-ou falta dela- traçada pelo governador da Paraiba,  aquele que foi apresentado por Cássio aos paraibanos como o homem da Nova Paraíba,  o cara do Grande Salto. Mas, convenhamos, Ricardo não é o culpado sozinho, pois divide o ônus e o bônus com o PSDB.

Então,  a coligação PSB/PSDB é o teto, o fim da cadeia, e ao final é a culpada por tudo que está acontecendo, coautora de todos os assaltos e outros crimes por incompetência em combatê-los e a próxima eleição deve virar um plebiscito onde vamos nos perguntar o seguinte: a coligação PSB/PSDB deve continuar governando a Paraíba?