Fale Conosco

Muita gente acha que eu não gosto de Cássio e têm alguns até que pedem para eu não pegar tão pesado com o ex-governador. Eu sei que você vai se surpreender, mas vou revelar: coloco Cássio no mesmo patamar de lideranças como Antônio Mariz, Humberto Lucena, José Maranhão e João Agripino, Pedro Gondin e José Américo de Almeida.

Mais que chuva passageira, Cássio é um líder com consistência, como muito bem definiu o colunista político Helder Moura.

Apesar do empurrão do sobrenome, só posso creditar a sua fibra o fato de crescer em momentos de crise.

Quem levou mais peiada da mídia do que Cássio? Talvez Wilson Braga, mas registre-se que sua liderança esvaiu-se com o tiroteio da mídia, enquanto Cássio quanto mais apanha mais cresce.

No episódio da cassação poucos ficariam de pé como ele ficou e deu a volta por cima ao definir a derrota do arquiinimigo Zé Maranhão.

Cássio só não contava com o trem do Ficha Limpa lhe atropelando na encruzilhada final de seu plano bem sucedido.

Aqui e alhures escuto uma estratégia que nunca imaginei um dia escutar vindo de onde vem.

Esta em curso a aproximação das famílias Vital do Rego e Cunha Lima e quem disser que estou mentindo apenas tenta retardar o que está se consumando nos bastidores.

Veneziano pode apoiar Diogo em troca de uma composição para 2014.

Mas tudo depende do que acontecerá nas próximas semanas no STF.

Inelegível a estratégia anda. Elegível é caco de telha pra todo lado e aí é ele quem vem pra cima de Ricardo de todo jeito.

Esse não é o único, mas é um dos caminhos principais que a oposição tem para voltar ao poder.