Fale Conosco

O secretário de Finanças da Prefeitura de João Pessoa, Sérgio Barbosa, alerta que a crise econômica que se abateu sobre o país e que tem prejudicado fortemente os municípios ainda não passou e que continua como uma grave ameaça ao equilíbrio fiscal dos entes públicos.

A avaliação do secretário se fundamenta nos números do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). As transferências para João Pessoa no mês de fevereiro sofreram queda de 10,86℅ se comparadas ao mesmo período de 2016.

A previsão inicial da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) era de ganho de 8℅. A previsão dos técnicos da Prefeitura era de um crescimento de apenas 2℅, mas o depósito da última quota acabou revelando uma acentuada queda de mais de 10℅.

Para o secretário Sérgio Barbosa, o movimento da economia nacional ainda é instável e, apesar dos esforços do governo federal de passar mensagens otimistas, os indicadores econômicos ainda são de profunda crise.
Diante do cenário, segundo o secretário Sérgio Ricardo, a orientação do prefeito Luciano Cartaxo continua sendo de cautela e controle de gastos, além do fortalecimento do planejamento.

A administração municipal, na avaliação do secretário, só tem conseguido atravessar a crise com pagamentos em dia e a realização de obras devido a seguras medidas de gestão adotadas nos últimos dois anos pelo prefeito Luciano Cartaxo.

Fonte:MaisPb