Fale Conosco

O senador Cícero Lucena está acuado depois que foi abandonado por Cássio, Hervázio e até mesmo quase foi pelavereadora Eliza Virgínia, que acabou se filiando ontem ao apagar das luzes ao PSDB. O senador está sem amigos, mas se mantém na presidência do PSDB e pretende lutar até o fim para permanecer no cargo. Enquanto Cássio pode até obrigar o filho a entrar na vida pública só para eliminar Cícero.

Cássio quer exterminar a vida política de Cícero desde que o senador deixou de compartilhar dos caprichos do ex-governador. Porém, não vai ser tão fácil para Cássio expulsar Cícero da presidência do PSDB.

O primeiro encalço se dá porque Cícero tem uma forte amizade com o diretório nacional, em especial com José Serra. Cícero defende uma candidatura própria do PSDB à prefeitura de João Pessoa. Ou seja, é melhor defender os próprios filhos, ou apoiar um projeto do PSB?

Nesse caso, Cássio terá de recuar quanto ao apoio a outras candidaturas e mais, terá que indicar um nome que tenha mais popularidade do que o senador Cícero Lucena. E quem seria essa pessoa? O filho do ex-governador Diogo Cunha Lima.

Diogo é contra o ingresso na vida política, ele já deu várias declarações a esse respeito, mas vem sofrendo forte pressão psicológica e já está amolecendo o discurso quando o assunto é política.

Na cozinha da casa dos Cunha Lima se comenta que Diogo só será salvo de embarcar no navio das ilusões se Cássio assumir o mandato e conseguir a presidência do PSDB. Se não, as vontades do jovem empresário serão substituídas pelas aspirações escusas do pai.