Fale Conosco

Apesar do repúdio da população pelo ato insano e pela exposição negativa de nossa cidade na mídia nacional, o prefeito Luciano Agra fez da destruição do Aeroclube uma fixação. 

Quarta passada ele mandou máquinas destruir a pista, sábado foi pessoalmente a uma manifestação de desagravo e agrediu com palavras e gestos o presidente da entidade, Rômulo Carvalho. 

Convenhamos, o prefeito é capaz de qualquer coisa para acabar com o Aeroclube. Sua argumentação é estratégica, mas frágil, pois o que poderá está por trás dessa obsessão desperta mais suspeita do que a hipótese dele está bem intencionado. 

Agora vem a notícia da realização de um plebiscito para a população decidir se o Aeroclube sai ou fica. 

Uma leitora mandou-me uma mensagem observando que João Pessoa tem muitas outras prioridades para o prefeito investir o que arrecada com os impostos que pagamos e se é para ele canalizar uma parte substancial de nossa grana em um único empreendimento, e que está fora do alcance de uma parte dos moradores que residem em outras áreas, que ele então aceite sugestões de cunho social e que priorizam a segurança e meio ambiente de uma população bem maior. 

Seguindo esse raciocínio, ela sugere que o prefeito maluquinho desaproprie toda aquela área do Bairro São José e reloque as famílias para um conjunto a ser construído. 

Dessa forma, toda aquela área que margeia o Rio Jaguaribe, desde a Beira Rio até as imediações do Shopping Manaíra, seria transformada em um grande parque ecológico. 

O Rio seria recuperado, a violência em Manaíra diminuiria, os imóveis valorizados, Roberto Santiago ficaria feliz, e o clima seria amenizado na praia e adjacências com a arborização de uma verdadeira cortina de árvores oxigenando grande parte da orla. 

Se for para fazer plebiscito, que faça. Mas aqui vai a sugestão de apresentar mais de uma alternativa para gastar toda essa dinheirama.

 E você, quer os milhões da PMJP investidos para desapropriar o Aeroclube e transformá-lo em um parque que vai beneficiar um pequeno contingente de pessoas que moram nos arredores lá no Bessa, ou prefere que a PMJP desaproprie o Bairro São José, recupere o Rio Jaguaribe e transforme-o em um pulmão ecológico para os bairros de Cabo Branco, Tambaú, Miramar, Jardim Luna, João Agripino, Manaíra e Bessa?   

Faça senhor prefeito um plebiscito, mas inclua outras opções neste jogo de cartas marcadas. Outra coisa: o plebiscito deve ser fiscalizado pelo TRE e com urnas eletrônicas em toda a cidade.

Sabemos como funciona suas assembléias do orçamento democrático. 

Menino, quem foi teu mestre?