Fale Conosco

Em entrevista concedida na manhã desta segunda-feira (10), o deputado federal Wilson Santiago declarou que o PTB, liderado por Roberto Jeferson, adotou um extremismo político maior que o de Jair Bolsonaro.

“O PTB, na verdade, absorveu uma linha de extremismo na política brasileira, posição esta que não é defendida por ninguém, nem pelo próprio governo”, disse Santiago à BandNews.

O parlamentar revela que esse extremismo causou a sua destituição da direção do partido na Paraíba, em nota divulgada na última sexta-feira (07) pelo diretório nacional. Entretanto, segundo Wilson, ele ainda não foi notificado oficialmente da decisão.

“Nós estamos aguardando, não fui notificado para nada, mas continuo na minha mesma posição, defendendo a democracia, defendendo os direitos das pessoas, fazendo com que de fato aquilo que interessa a maioria dos brasileiros seja colocado em prática”, afirmou.

Perguntado sobre a possibilidade de deixar o PTB, Wilson Santiago falou que irá esperar o resultado da minirreforma política e eleitoral em análise na Câmara Federal.

“Quanto a saída ou não do partido, a Câmara está com uma comissão designada, da qual sou membro, que irá tratar dessa minirreforma política e eleitoral. Essa minirreforma irá tratar do voto distrital. O resultado do voto distrital é que os eleitos serão aqueles que tiverem a maioria dos votos em seus respectivos estados. Vamos aguardar isso e teremos muito tempo ainda para discutir esse assunto, e com isso, com clareza e compromisso com a população, tornar público tudo aquilo que interessa ao eleitorado paraibano, especificamente”, completou o deputado.