Fale Conosco

O PT está preparando uma reação, diante da iniciativa do ex-senador Efraim Morais, coordenador da campanha do governador Ricardo Coutinho, em criar comitês Ricardo-Aécio. Segundo Anselmo Castilho, ex-diretor do Ibama e da Emlur, “trata-se de uma contradição na campanha, pois é incompatível essa aliança com a presidente Dilma e o apoio ao candidato do PSDB”.

Uma ala do partido já manifestou o mal-estar, por compreender que a fragmentação de apoio enfraquece a candidatura de Dilma no Estado. O deputado Luís Couto, inclusive, já teria sido acionado para levar a insatisfação do partido ao governador Ricardo Coutinho. Há poucos dias, a presidente Dilma chegou a revelar sua estranheza com o fato de Efraim ser o coordenador-geral da campanha.

O presidente do partido, Charlinton Machado, ainda não se posicionou sobre o assunto.

O comitê Ricardo-Aécio, uma iniciativa do ex-senador Efraim, terá como um dos coordenadores o líder estudantil Beto Pirulito e o ex-deputado Fabiano Lucena.

BHM