Fale Conosco

Uma liderança do PT revelou ao Blog que o partido só aceita a Secretaria de Educação do Estado, caso o governador Ricardo Coutinho dê carta branca para reabrir as mais de 220 escolas que foram fechadas nos últimos quatro anos. O petista entende que “seria incompatível com a plataforma do PT administrar num cenário de escolas fechadas”.

“Ou então, o partido teria a liberdade para verificar, caso a caso, o que teria ocorrido para o Governo decretar o fechamento dessas unidades. E precisaríamos ver também como acomodar, sem maiores traumas, os alunos dessas escolas fechadas”, acrescentou. De qualquer forma, “há um entendimento que o governador teve suas razões para proceder dessa forma.”

O partido deverá ocupar espaços importantes no Governo Ricardo Coutinho II. Segundo o presidente Charlinton Machado e o deputado Anísio Maia, o “partido apresentou seu apoio de primeira hora, quando o governador não era favorito e tinha dificuldades até para fechar sua chapa”. A legenda espera uma compensação na proporção de sua importância na reeleição de RC.

O governador já afirmou, em mais de uma oportunidade, que o partido terá espaço em sua segunda gestão, mas não deu pistas de quais pastas seriam. Nas últimas horas, também muito se especulou sobre a iminente confirmação de Lucélio Cartaxo como um dos futuros auxiliares de Ricardo. Lucélio teve papel relevante, na condição de candidato a senador, obtendo mais de 500 mil votos.

A Secretaria de Educação é, atualmente, titulada por Márcia Lucena.

Blog Helder Moura