Fale Conosco

EXCLUSIVO – Certamente o amigo aí já ouviu falar em Pietro Harley, espécie de PC Farias do Coletivo RC, segundo acusações feitas pelo empresário Daniel Cosme na revista Época.  

Ele é aquele que guardava em sua casa cerca de oito milhões de reais em plena campanha eleitoral e que a Prefeitura de João Pessoa lhe concedeu um alvará para instalação de uma empresa fantasma em uma sala que não existe e que ganhou várias licitações nos pregões da gestão Girassol sob a proteção de Edvaldo Rosas, Alexandre Urquiza e Coriolano Coutinho.

Pois bem, alheio as denúncias que pipocam contra ele e confiante na impunidade, Pietro veraneia nababescamente na Baia da Traição.

A tiracolo levou dois jet-skis e uma lancha. Tudo puxado por uma Hylux zerada e um Camaro vermelho.

Pietro foi visto ontem falando com alguém muito influente no Palácio da Redenção e no Paço Municipal.

Do outro lado da linha o interlocutor garantia tranqüilidade ao contraventor.

– Fica tranqüilo e aproveita!

Diante das garantias, Pietro pediu logo uma geladinha e saboreou crustáceos incríveis.

Afinal, chegou a conclusão que na Paraíba o crime compensa e só quem vai para a cadeia é ladrão de galinha.