Fale Conosco

Os fiscais corruptos presos na Operação Carne Fraca também gostavam de uma boa carne fresca. Para “aliviar” alguns fabricantes, eles, além de dinheiro, aceitavam suborno em mercadorias nobres. O chef Junior Durski, proprietário da rede de restaurantes Madero, conta como o esquema funcionava. Para evitar problemas como a paralisação de seu frigorífico, o Madero submeteu-se ao achaque e passou dar caixas de picanha, filé mignon e hambúrguer a uma dupla de fiscais, além de uma mesada de 2.000 reais a cada um.

Fonte:Veja.com