Fale Conosco

Morador da Rua Carmem Miranda há mais de 25 anos, o ferreiro Jucelino Soares de Oliveira, 40 anos, lembra as dificuldades que enfrentava para se deslocar. “Aqui só tinha mato. Só passava animal. Quando chovia era lama com força. Agora está ficando show de bola”, comemora. Assim como Jucelino, os moradores da Rua Carmem Miranda, no bairro Alto do Mateus, estão entre os beneficiários do Programa Mais Pavimentação, da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), que tem realizado o sonho de milhares de pessoenses de ter sua rua pavimentada.

Somente no Alto do Mateus, 18 ruas foram pavimentadas pela PMJP por meio do programa e mais 28 estão sendo executadas, em um investimento de mais de R$ 24 milhões. Os trabalhos de pavimentação, executados sob a coordenação da Secretaria de Infraestrutura do Município (Seinfra) beneficiaram milhares de moradores, garantindo mais infraestrutura, segurança para pedestres e motoristas e mais mobilidade.

Recentemente os trabalhos foram concluídos também nas ruas Capitão Pedro Galvão da Silva, Manoel José da Silva e Manoel Taygy de Queiroz M. Filho. O programa transforma o perfil de diversas ruas e bairros, melhorando, sobretudo, vias por onde passam os ônibus de transporte público coletivo e também aquelas fruto de demanda do Orçamento Participativo, eleitas nas plenárias pelos moradores da região.

Reivindicação histórica – Mais de 80% dos trabalhos já foram executados e, em breve, a Prefeitura concluirá a pavimentação da Carmem Miranda, atendendo uma reivindicação histórica de mais de 60 anos dos moradores do Alto do Mateus.

O investimento na obra, em recursos próprios, ultrapassa os R$ 2,5 milhões, onde, além da drenagem e pavimentação, a via, que corta todo o bairro, também vai ganhar calçadas padronizadas, oferecendo mais uma alternativa de mobilidade urbana para a população.

Com 1.392,63m de extensão, ela se transformará em uma verdadeira avenida, oferecendo novo acesso para motoristas e pedestres, uma vez que a obra vai permitir mudanças no trajeto dos transportes coletivos, criando paradas ao longo do seu trajeto. Além da população local, a pavimentação vai beneficiar também os moradores das comunidades Tiradentes, Conjunto Mônica, Conjunto dos Motoristas e Beira da Linha.