Fale Conosco

O processo de Cássio Cunha Lima, no STF, voltou para a relatoria do ministro Joaquim Barbosam que só voltará ao trabalho no próximo dia primeiro de setembro.

O caso tinha sido redistribuido, devido à licença de Joaquim Barbosa, mas teve que voltar para ele porque Ricardo Lewandowski participou do julgamento de Cássio no TSE.

O fato é que os cassistas estão felizes novamente com a possibilidade do caso ser definido e decidido após meses e meses de análises. Mas serão, agora, mais um mês, no mínimo, para o caso estrar em pauta.

Cássio Cunha Lima não tem se pronunciado muito no Twitter, sobre o assunto, mas os eleitores deles se pronunciam, hora revoltados com a demora no julgamento, hora felizes quando o caso parece andar.

Tudo voltou como era antes e todo o barulho serviu para nada.