Fale Conosco

Se estiver correta a operação da Polícia Federal que prendeu nesta terça-feira quatro suspeitos de terem invadido os celulares de Sergio Moro, de Deltan Dallagnol e outros investigadores, a ação revelará como são amadoras as comunicações das autoridades no país.

Se um grupo de figuras aleatórias de fundo de quintal consegue entrar no celular e roubar segredos do ministro da Justiça e do chefe da Lava-Jato, o que os serviços secretos de outros países não conseguiria fazer?

A dúvida agora é descobrir quem mandou a turma de Araraquara roubar dados de Moro e Deltan. E quanto esse povo ganhou com isso – se ganhou.

Da redação com Veja