Fale Conosco

O depoimento da senhora Maria do Socorro Menezes de Melo à Polícia Federal em Campina Grande está marcado para as 9h desta segunda-feira, dia 31 de agosto. Ele foi intimada a depor no âmbito da Operação Famintos, que descobriu a atuação de uma ORCRIM – Organização Criminosa com fraudes milionárias na Prefeitura de Campina Grande, na atual gestão do prefeito Romero Rodrigues, desviando dinheiro da merenda escolar que seria destinada às crianças e jovens das creches e escolas da rede municipal de ensino em Campina.

Na época em que a Polícia Federal descobriu o esquema de desvio de recursos da merenda escolar na Prefeitura campinense, Maria do Socorro exercia a função de Diretora Administrativa e Financeira da Secretaria Municipal de Educação, órgão onde, segundo a PF, agia a ORCRIM. Ela é prima do prefeito Romero Rodrigues Veiga e do vereador Márcio Melo, também primo de Romero e da base política do prefeito na Câmara de Campina Grande.

Segundo a investigação, o depoimento da prima do prefeito será fundamental para as investigações, considerando que ela era responsável por toda a movimentação financeira da Secretaria de Educação na época em que aconteciam os desvios. Maria do Socorro teve o seu afastamento cautelar do cargo que exercia na PMCG determinado pelo Juiz da 4ª Vara Federal de Campina Grande, Vinícius Costa Vidor, atendendo pedido do Ministério Público Federal.

O depoimento de Maria do Socorro Menezes de Melo será às 9h desta segunda-feira, dia 31 de agosto de 2020, na sede da Polícia Federal, em Campina Grande, localizada na Avenida Brasília.

AGENDA

FATO: Depoimento da Sra. Maria do Socorro Menezes de Melo, ex- Diretora Administrativa e Financeira da Secretaria Municipal de Educação em Campina Grande

LOCAL: Sede da Polícia Federal em Campina Grande, localizada na Avenida Brasília

DATA: Segunda-feira, 31 de agosto de 2020

HORÁRIO: 9h