Fale Conosco

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, acredita que a vacina contra a covid-19 só deverá estar disponível no Brasil entre fevereiro e março do ano que vem e, inicialmente, somente as pessoas do grupo de risco e trabalhadores da saúde serão imunizados. A previsão é de que, para o primeiro semestre, 100 milhões de vacinas sejam distribuídas pelo País inteiro, de forma proporcional ao número de habitantes.

Medeiros explicou que a indicação de imunização vem sendo feita através de contato com o Ministério da Saúde e com os secretários nos estados, através do Conas – Conselho Nacional dos Secretários de Saúde.

“Tem-se evidenciado que o Governo Federal manifesta o seu desejo de centralizar como ocorre em todo tipo de vacinação. então o fluxo deverá ser a compra da vacinar através do Governo Federal e a distribuição equitativamente, proporcionalmente entre todos os Estados”, afirmou.

Ainda de acordo com Geraldo Medeiros, a expectativa é que assim que houver uma vacina disponível, ela será distribuída. “Nós temos quatro vacinas no país já na fase 3, e consequentemente acreditamos que em fevereiro e março tenhamos disponível a vacina. É claro que não teremos no quantitativo adequado para vacinação em massa, mas temos certeza, que em março e abril, teremos a vacinação da população de risco”, revelou..

O grupo de risco inclui pessoas acima de 60 anos de idades, portadores de doenças crônicas como diabetes e ainda trabalhadores da saúde da Paraíba.