Fale Conosco

O presidente do conselho administrativo do Polo Extremo Oriental das Américas (Extremotec), o secretário de Ciência e Tecnologia e vereador licenciado Durval Ferreira, explica quais e como são aplicadas as reduções fiscais para as empresas filiadas ao Polo. O objetivo do gestor é atrair empresas para o ecossistema de inovação da cidade além de fortalecer a rede formada pelo Extremotec.

Desde dezembro de 2017, o Poder Executivo municipal está autorizado, através do Projeto de Lei 443 do prefeito Luciano Cartaxo, a conceder benefícios fiscais às empresas filiadas ao Extremotec com algumas restrições previstas em lei. “Empresas do ramo de informática e congêneres, que fazem parte do Extremotec, terão direito à redução do ISS de 5% para 2% dentro das concessões do estatuto interno”, explica Durval.