Fale Conosco

O presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa, Marcos Vinícius (PSDB), reiterou na manhã desta quarta-feira (12) apoio total da Casa Napoleão Laureano a ações que visem a revitalização do Centro Histórico da capital. O projeto Villa Sanhauá teve as obras lançadas também nesta manhã pelo prefeito Luciano Cartaxo (PSD), no Hotel Globo.

Marcos lembrou que o projeto Villa Sanhauá só se tornou possível devido a aprovação na Câmara Municipal. O projeto criou uma Zona Especial de Interesse Social (ZEIS) na área dos casarões da rua João Suassuna, e visa restauração de oitos casarões históricos na região.

Conforme o projeto, um dos prédios vai ser destinado à Prefeitura de João Pessoa para instalação institucional, enquanto os outros sete vão comportar 17 unidades habitacionais e seis comerciais. As unidades vão de 40 a 73 metros quadrados.

“O trabalho harmônico entre a Câmara e o Executivo sempre dá bons frutos e hoje a cidade recebe com muita alegria mais esta ação do prefeito Luciano Cartaxo no Centro Histórico da terceira capital mais antiga do País, com mais de 500 edificações tombadas pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional)”, disse Marcos Vinícius.

Marcos relembrou ainda o quanto a gestão de Cartaxo já fez pelo Centro Histórico, com ações na Casa da Pólvora, Praça 1817, Praça da Pedra, Praça da Independência, Hotel Globo, Galeria Augusto dos Anjos e Praça dos Três Poderes, e do papel fundamental da Câmara Municipal nesse processo de revitalização e ocupação do Centro Histórico.

Mais projetos

Atualmente, tramitam na CMJP projetos e indicações, como a do vereador Bruno Farias (PPS) que sugere à Prefeitura crie uma Zona Franca de Turismo e Serviços no Centro Histórico. Entre os Projetos de Lei (PL) voltados ao Centro, há o que determina que imóveis abandonados podem ser retomados pelo Poder Público, de autoria de Fernando Milanez Neto (PTB), e o que prevê incentivos fiscais para proprietários de imóveis desenvolverem atividades econômicas de cunho tecnológico, cultural ou artístico na região, proposta por João Almeida (SD).