Fale Conosco

O presidente da Câmara Municipal de Mamanguape, Joãozinho da Estaca, esteve em um evento político nessa última quinta-feira (06), que foi a inauguração do comitê de Lucélio na cidade. Até aí, nada demais.

No entanto, o parlamentar foi para o evento no carro oficial, fato proibido pela Justiça. E, pior, o veículo acabou sendo furtado logo após o evento. O automóvel, uma Duster branca de placa QFR-5495 da cidade de Mamanguape, é locado e aparece em empenhos da Câmara Municipal, custando R$ 3.750,00 mensalmente aos cofres públicos.

No sistema do DETRAN, o veículo aparece como tendo sido furtado, fato que aconteceu logo após a inauguração do comitê. A pergunta que não quer calar… Por que o presidente da Câmara Municipal estava usando carro oficial em plena mobilização política?