Fale Conosco

Após relatórios do Tribunal de Contas da Paraíba e do Ministério Público apontarem superfaturamento em contratos da Prefeitura do Conde com a empresa LimpMax – responsável por serviços de coleta de lixo em 2017 -, mais uma denúncia indica irregularidades na Secretaria de Educação do município, na gestão de 2018.

Auditores do TCE detectaram diversas inconsistências em contratos da gestão de Márcia Lucena com o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Humano e Social, tanto na licitação quanto na execução.

Vale lembrar que no ano passado (ano de eleição) a Corte de Contas também detectou aumento no número de contratados por excepcional interesse público – um aumento de quase 30%, representando quase metade dos servidores da Prefeitura.

Da redação