ParaíbaPolítica

Prefeitura de Soledade monta esquema para transferir eleitores em troca de empregos por votos: “A gente tem o trabalho por conta dos votos”; ouça áudio

A troca de votos por emprego é algo corriqueiro, mas nem sempre público, porém na cidade de Soledade, quem não vota no município está sendo avisado: ou transfere o título, ou será demitido. A advertência vem sendo feita aos prestadores de serviço. Na prática, a Prefeitura está preparando o curral para as eleições de 2020, montando um esquema de transferência de eleitores.

O vereador Wellington Di Karlos encaminhou a denúncia ao Política&etc, com um áudio, onde uma mulher aparece dando as instruções para uma contratada onde avisa. “A gente tem o trabalho por conta dos votos”, disse a mulher que se identificou como Cecília, que, segundo o vereador, trata-se da diretora de uma escola municipal.

“Um menina que vota em Gurjão já transferiu o título”, argumenta a diretora. A conversa é com Rogéria, a suposta contratada que não vota na cidade. Toda conversa teria sido orientada pela secretária de Educação, Josefa Andreia. Com informações Política e etc.

Tags: Tags: