Fale Conosco

A Prefeitura Municipal de Picuí terá que corrigir 34 irregularidades detectadas pelo Tribunal de Contas da Paraíba em relatório de acompanhamento de gestão. Dentre as inconsistências estão problemas em contratos, abastecimento de veículos, controle de medicamentos psicotrópicos, falta de treinamento de funcionários e falta de manutenção de extintores para controle de incêndio.

O alerta para sanamento das irregularidades foi emitido nesta sexta-feira (14), na edição eletrônica do Diário Oficial do TCE-PB.

No documento, os principais problemas identificados são na área de educação e saúde do município.

Da redação