Fale Conosco

Mais 378 microempreendedores de João Pessoa poderão ampliar ou iniciar seu negócio a partir desta quinta-feira (7). Por meio do Banco Cidadão, projeto da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), o grupo recebeu um total de R$ 1,3 milhão em crédito, valores que vão garantir mais capacidade para o desenvolvimento das pequenas empresas e a movimentação da economia nos bairros. A entrega foi feita pelo prefeito Luciano Cartaxo durante evento no Paço Municipal, no Centro da Capital.

“Estabelecemos uma política de geração de emprego e renda que tem a missão de chegar até a ponta, beneficiando todos os bairros da Capital”, declarou o prefeito Luciano Cartaxo. “Queremos tirar as barreiras do acesso ao crédito e fazer com que os empreendedores cresçam, gerem mais postos de trabalho e contribuam para melhorar a vida de outras famílias. Nosso objetivo é cuidar da cidade e das pessoas”, complementou.

Um dos novos empreendedores da Capital é Édson Alves, de apenas 20 anos. Ele contou que possuía um projeto para abrir um bar e restaurante em Tambauzinho, mas não tinha os meios para oficializar o negócio. “Já tinha alguma experiência no ramo e há um ano surgiu o desejo de abrir o meu próprio comércio. Consegui isso por meio do Banco Cidadão”, contou.

Já Augusto Raymack, de 40 anos, vai poder ver o seu negócio no Valentina crescer. Ele é dono de um armarinho que vende flores e cestas de café da manhã, mas pretende ampliar sua área de atuação. “Quero comprar equipamentos para a loja e ampliar os produtos que eu ofereço. A ideia é entrar no ramo de cama, mesa e banho. Sem o Banco Cidadão eu dificilmente conseguiria fazer isso”, afirmou.

Linhas de crédito – Dos 378 cheques entregues, 60 fazem parte da linha de crédito especial 50+, voltada exclusivamente para empreendedores com mais de 50 anos de idade. No total, os valores liberados para esta linha somam R$ 230 mil. “São pessoas que possuem dificuldade para arrumar emprego e que estariam fora do mercado de trabalho, mas que agora poderão realizar seu sonho e ajudar a cidade”, explicou o secretário municipal do Trabalho Produção e Renda, Diego Tavares.

Outras linhas de crédito que foram contempladas nesta liberação foram a de Mercados Públicos, Comerciantes Informais, Grupos Comunitários, Mulher, Capital de Giro, Crédito Superação (para pessoas com deficiência), Jovem, Tecnologia da Informação, Turistas e Taxistas, e a linha tradicional.

De acordo com Diego Tavares, a meta da Prefeitura de João Pessoa é a entrega de R$ 8 milhões durante todo o ano. De janeiro a agosto de 2014, já foram liberados cerca de R$ 4,7 milhões. “A Prefeitura confia nos empreendedores e espera que eles possam fazer um bom uso desses valores porque o crescimento de cada um deles e de seus negócios representa também o crescimento da cidade de João Pessoa”, declarou.

Como participar – O Banco Cidadão é uma iniciativa da Prefeitura de João Pessoa para fomentar a economia do município e garantir aos microempreendedores as condições ideais para ampliar ou abrir um negócio. O diferencial do programa é desburocratização do processo, além de taxas bastante acessíveis, com apenas 0.9% de juros ao mês.

Para obter crédito junto ao Banco Cidadão, o empreendedor precisa ter mais de 18 anos, residir em João Pessoa há no mínimo seis meses e não estar incluído nos cadastros de proteção ao crédito. Para fazer a inscrição, o interessado deve portar RG, CPF e comprovante de residência atual. O Banco Cidadão está localizado na Avenida Cardoso Vieira, 85, no Varadouro, vizinho à Praça Antenor Navarro.


Secom/JP