Fale Conosco

Atendimento mais rápido e eficiente às demandas da população no Centro da Capital e em bairros adjacentes. Este é o objetivo da nova base descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do Hospital Santa Isabel, inaugurada pelo prefeito Luciano Cartaxo na manhã desta terça-feira (26). Na ocasião, o prefeito entregou, também, oito novas motolâncias, o que deve tornar ainda mais ágil o acesso dos profissionais de saúde aos locais de demanda.

“Estamos garantindo ao Samu a capacidade de oferecer uma resposta rápida aos chamados da população, reduzindo o tempo de espera pela ambulância pela metade, dentro do prazo de 10 minutos considerado ideal pelo Ministério da Saúde”, destacou o prefeito Luciano Cartaxo. “Essa é uma obra que traz um resultado extraordinário, pois cada minuto é decisivo na hora de salvar a vida de uma pessoa. Nosso foco é o cuidado com a população”, complementou.

De acordo com a secretária Municipal da Saúde, Mônica Rocha, a base do Samu dá continuidade à política da Prefeitura da Capital de aproximar o serviço de saúde e a população. “João Pessoa possui um contingente populacional alto e um território extenso, por isso uma base como esta traz muitos avanços no que se refere à eficiência do serviço móvel. O diferencial dessa gestão é tratar o usuário de forma coletiva”, avaliou.

A obra – A nova base descentralizada do Samu comporta até duas ambulâncias e é dividida em oito ambientes, com estacionamento, sala de utilidades e expurgo, depósito para material de limpeza, banheiro, almoxarifado, repouso masculino e feminino, sala de estar e copa. No total, foram investidos R$ 148 mil.

Com a entrega de oito motolâncias, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) garante 12 equipamentos disponíveis para atender a população. Em pouco mais de um ano e meio de gestão, o prefeito Luciano Cartaxo também entregou 23 novas ambulâncias para uso do Samu na Capital.

Atualmente, além da sede administrativa, a prefeitura de João Pessoa conta com cinco bases descentralizadas situadas na Subprefeitura de Tambaú, UPA Oceania, Cais Cruz das Armas, Cais Mangabeira e a base descentralizada da UPA Célio Pires de Sá, no bairro Valentina Figueiredo.

A aposentada Edna Maria, de 66 anos, é moradora do bairro Tambiá. Ela participou da inauguração e agradeceu a iniciativa. “Fico muito satisfeita por mais esse serviço que a Prefeitura nos traz e só posso agradecer ao prefeito e também aos profissionais, pois minha família já precisou desse serviço e foi muito bem atendida”, declarou.

Equipes – As 12 unidades de suporte básico de saúde (USB) do Samu cobrem a região metropolitana de João Pessoa, com bases descentralizadas em Mangabeira, Cruz das Armas, Centro, Cabo Branco e Manaíra. Já as cinco unidades de suporte avançado (USA) atendem a área metropolitana da capital e ficam todas na base do Samu, no Centro Administrativo Municipal (CAM).

As unidades de suporte avançado são tripuladas por uma equipe composta de um médico, um enfermeiro e um condutor socorrista. Já as unidades de suporte básico contam com um condutor socorrista e um técnico de enfermagem.

A motolância é pilotada por um técnico de enfermagem e tem a possibilidade de chegar mais rápido aos atendimentos de urgência, em localidades de trânsito intenso ou em territórios de difícil acesso para as ambulâncias.

Reconhecimento – Durante a cerimônia de entrega da base do Samu, o prefeito Luciano Cartaxo recebeu das mãos do presidente do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Ceren-PB), Ronaldo Bezerra, o Selo Responsabilidade Social. A honraria é concedida pelo órgão a gestores e instituições que cumprem as determinações previstas em lei para o exercício da enfermagem.

“Somos um órgão fiscalizador, mas que se preocupa em reconhecer os que realizam ações de respeito à legislação brasileira específica para a enfermagem. O Samu de João Pessoa tem demonstrado isso com a oferta de excelentes ambientes de trabalho e com a garantia de um enfermeiro ou técnico em enfermagem em cada unidade móvel”, declarou Ronaldo Bezerra.

24 horas – O Samu 192 é um serviço de saúde que trabalha 24 horas por dia, atendendo a população no socorro e encaminhamento às unidades hospitalares de João Pessoa. O serviço tem convênio com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e participa do resgate da PRF, com um técnico em enfermagem. Esse profissional trabalha em parceria com um patrulheiro rodoviário.

Serviço – Para entrar em contato com o Samu Metropolitano de João Pessoa, basta ligar para o número 192 e responder às perguntas dos atendentes que estão de plantão 24 horas por dia. A central funciona no prédio do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria.

História – O Samu Regional – João Pessoa foi inaugurado em 2 de julho de 2004, em parceria com o Corpo de Bombeiros da Paraíba. No início, teve sede provisória em um anexo do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Em 7 de março de 2006, foi inaugurada a sede própria do Samu, no CAM.