Fale Conosco

Um prefeito eleito, um vice-prefeito em exercício e ex-prefeitos de cidades da Região do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais, foram presos durante a terceira fase de uma operação da Polícia Federal em combate a migração ilegal de brasileiros para os Estados Unidos. As informações são do Gabriel Faleiro, da BandNews FM.

Ao todo, onze mandados de prisão e 21 de busca e apreensão são cumpridos pela corporação na chamada operação “Cai-Cai”, nesta quinta-feira, 03. Os nomes dos alvos não foram divulgados pela PF.

As investigações, que fazem parte de ação de cooperação policial internacional contra o tráfico de pessoas, tiveram início em outubro de 2019 e apontaram que os investigados cobravam até 22 mil dólares pelo serviço.

Na travessia os brasileiros passavam por situações desumanas e precisavam corromper autoridades da imigração mexicana. Eles ainda ficavam submetidos aos guias, que são conhecidos comocoiotes.

Os mandados são cumpridos em Governador Valadres, Tarumirim, Alvarenga, Campanário, Engenheiro Caldas, Piedade de Caratinga e Virginópolis, todas na região do Vale do Rio Doce.

Se condenados, os presos e demais investigados podem cumprir até 16 anos de reclusão, sujeitos a aumento de pena.

Na primeira fase da operação, um dos réus foi condenado a 127 anos, tendo sido identificados 270 crimes.

Nessa quarta-feira, 02, a Polícia Federal, em outra operação que também investiga um esquema para entrada ilegal de brasileiros nos Estados Unidos, cumpriu TRÊS mandados de busca e apreensão na mesma região.

Band UOL