Fale Conosco

O prefeito de Santa Luzia, José Alexandre de Araújo, o Zezé (MDB), está sendo investigado pela Polícia Federal por esquema de fraude em licitação e formação de organização criminosa com a empresa Setha, que recolhe o lixo da cidade. O Inquérito Policial nº 0022/2019 investiga o uso de Severino Alves de Figueiredo, preso na operação desumanidade em Patos, como “laranja” da empresa Sheta Construções e Serviços LTDA, acusada de lavar dinheiro e fraudar licitação.

De acordo com o inquérito, Severino, o sócio do prefeito, além de ser proprietário da empresa do lixo, é proprietário de uma construtora que está fazendo alguns calçamentos na cidade, a AMETISTA CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS (CNPJ 29.828.673/0001-16).

Moradores do bairro Monte São Sebastião revelam que o calçamento não foi apropriado, pois, quando chove, a água vai para casa das pessoas. Confira as fotos:

Fraude na licitação

A auditoria do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba afirmou que a licitação do lixo em Santa Luzia foi direcionada. A gestão do Prefeito Zezé desclassificou a empresa que venceu o certame para favorecer a segunda colocada, a Sheta. Confira trechos da auditoria: