ParaíbaPolítica

Prefeito de Campina gastou somente em março deste ano mais de 11 milhões com os 7.215 servidores sem concurso

Apesar dos alertas do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) emitidos, recentemente, ao prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSD) por gastos com pessoal acima do limite, o gestor campinense vem desde janeiro deste ano de 2019, até o mês de março, último mês enviado ao Sistema de Acompanhamento Online (Sagres) do tribunal, aumentando o número de comissionados e pessoas contratadas por excepcional necessidade. Em março a PMCG tinha exatos 7.215 pessoas contratadas sem concurso que custaram aos cofres públicos neste referido mês R$ 11.139.239,15. Uma grande quantidade destes servidores tem algum grau de parentesco como gestor campinense, ou são de pessoas ligadas a vereadores de sua base política.

Segundo o Sagres, são exatos 7.215 pessoas entre (comissionados e pessoas contratadas por excepcional necessidade), ambos sem concurso que custaram aos cofres públicos em março de 2019, R$ 11.139.239,15. Os indicados estão em pastas como a PMCG, o Fundo Municipal de Saúde, o Fundo Municipal de Assistência Social, a STTP, Urbema, AMDE e IPSEM, que tem recursos próprios. Ambos podem ser vistos no link do TCE-PB: https://sagres.tce.pb.gov.br/municipio_index.php

Pelo menos 12 parentes de vereadores e de pessoas ligadas ao alto escalão político de Campina Grande estão inseridos na folha de pessoal do município com gordos salários. Os vencimentos chegam a passar de R$ 14 mil. Veja mais: https://www.clickpb.com.br/politica/denuncia-aponta-parentes-de-vereadores-e-aliados-em-cargos-comissionados-na-prefeitura-de-cg-255788.html

Dentre os parentes identificados estão a esposa do deputado estadual Moacir Rodrigues e cunhada do prefeito Romero Rodrigues. Giovanna Karla Barros Fernandes do Carmo está lotada no Gabinete do prefeito e tem salário de R$ 14.196. Também estão na lista esposas, filhos e filhas e primos de vários vereadores de Campina Grande que compõem a base de apoio do prefeito Romero Rodrigues. Vejam nos anexos do Sagres-PB as tabelas que mostram os gastos e quantidades de servidores sem concurso na PMCG até o mês de março deste ano.
Redação

Tags: Tags: