Fale Conosco

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, abriu nesta quarta-feira (8) o ano letivo para 62 mil alunos da Rede Municipal de Ensino e destacou o trabalho da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) na educação. Escolas em tempo integral, abertura de vagas, 39 novas creches construídas e reformadas, concurso público para 1.300 profissionais e melhorias na infraestrutura, são exemplos de ações já realizadas pela gestão municipal que deverá investir mais R$ 346 milhões somente neste ano. “Estamos plantando uma semente para o futuro de João Pessoa, porque a educação é o caminho para termos mais qualidade de vida e paz na nossa cidade”, disse o prefeito.

A abertura oficial das aulas aconteceu na Escola em Tempo Integral Lúcia Giovanna Duarte de Melo, no Colinas do Sul, inaugurada em setembro do ano passado. Na ocasião, o prefeito entregou os kits escolares para as crianças e conversou com os pais, ressaltando o compromisso de todos com a educação. “A educação é prioridade de todos nós, estamos aqui para dividir a responsabilidade pela educação das nossas crianças, a escola e a Prefeitura fazem a sua parte e os pais a sua também. Este diálogo franco e permanente entre escola e família é muito importante para o desenvolvimento das crianças”, afirmou.

Luciano Cartaxo ressaltou que a gestão continuará a dotar toda a Rede Municipal com o novo padrão de qualidade, tanto na infraestrutura quanto na qualidade de ensino e na formação continuada dos professores. Uma das marcas da gestão, por exemplo, é a climatização de mais de 200 salas de aula e 100 ambientes das escolas, oferecendo todo o conforto aos alunos e profissionais de educação.

“Fizemos o maior programa de investimentos na educação infantil já visto em nossa cidade. Ao longo dos últimos anos, tive a felicidade de entregar 39 creches, entre construídas e reformadas, com um novo padrão de qualidade. Todas as nossas escolas também foram requalificadas, o que nos levou inclusive a receber um selo de qualidade da Unesco. Tive ainda a satisfação de contratar, por concurso público, 1.300 profissionais de educação”, comemorou Luciano Cartaxo. Em 2012 eram 43 creches e neste ano, a Capital já conta com 82 na Rede Municipal.

Nos quatro primeiros anos de gestão, o número de escolas em tempo integral de João Pessoa saltou de 12 para 19. Também foram abertas mais de 3 mil vagas, com os alunos passando a frequentar escola o dia inteiro, com alimentação e toda estrutura necessária. Já em relação à segurança dos alunos, a PMJP também investiu em câmeras de monitoramento, que antes não existiam nas escolas. Nestes quatro anos foram instaladas 2.640 câmeras.

“Realizamos estes esforços porque acreditamos que a mudança na vida das pessoas passa pela educação. Para a gente ter uma cidade de futuro, com uma nova geração com qualidade de vida, precisamos investir na educação. Que começa com as crianças desde os seis meses nas creches em tempo integral. E saindo da creche, a chegada no Ensino Fundamental com qualidade. Um prefeito tem que pensar não em fazer obras mirabolantes, tem que pensar em melhorar a vida da população, tem que ajudar as famílias. E nossas obras têm esta finalidade, o que vale aqui não é o tijolo e o cimento investido na escola, mas sim o significado que a obra tem para mudar a vida das pessoas”, declarou.

Matrículas – Apesar do ano letivo começar nesta quarta-feira, quem perdeu o período de matrículas ainda pode se dirigir a uma unidade de ensino e se matricular. Basta apresentar o Histórico Escolar, cópia da Certidão de Nascimento, duas fotos 3×4, comprovante de residência e cartão de vacinação, para alunos dos Creis. Caso a escola já esteja com as vagas preenchidas, o aluno será encaminhado para a unidade mais próxima.

Fonte: Secom-JP