Fale Conosco

A secretária de Articulação Municipal do Governo do Estado, Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), um dos nomes citados do grupo da oposição para as eleições municipais de 2020 em Campina Grande, colocou seu nome à disposição, mais uma vez, para concorrer à Prefeitura, nas eleições do ano que vem. Em entrevista à imprensa campinense nesta segunda-feira (21), ela ressaltou que a prefeitura, nos últimos sete anos, não apresentou a sociedade um projeto econômico, social e humano que possibilite a geração de empregos e a melhoria da qualidade de vida dos campinenses.

Segundo Ana, um bom planejamento, ouvindo vários atores urbanos – comunidade, movimentos civis organizados, terceiro setor, empresas e poder público – pode ajudar, em muitos aspectos, a cidade de Campina Grande. De acordo com a secretária, infelizmente, quando se pergunta quais as transformações construtivas que a atual gestão municipal proporcionou nos últimos sete anos, a população não observa tais realidades.

“Não se tem, na atual gestão, um plano de desenvolvimento de maneira ordenada para a cidade. Campina precisa de uma gestão que possa antecipar as necessidades de seu povo, coordenando esforços e estabelecendo um caminho para um horizonte construído de forma coletiva”, disse Ana, ao lembrar que é preciso ao atual prefeito reconhecer muitas das conquistas da gestão passada e esquecer querelas políticas que o fizeram paralisar obras deixadas quase prontas ou com recursos em caixa, e que, ainda hoje, se encontram abandonadas pela atual gestão.

Antecipar o futuro, fazer concursos públicos, voltar projetos sociais importantes como o Sistema Integrado, Cozinhas Comunitárias e Restaurantes Populares, promover mais transparência pública dos gastos, atrair novas empresas para a cidade, propiciar uma saúde e educação humanizadas, são algumas das ações que um bom planejamento construtivo pode trazer, segundo Ana. “O planejamento identifica questões urgentes com os recursos disponíveis e assegura que as iniciativas não sejam redundantes ou tenham direcionamentos diversos”, disse Ana.

“Eu tenho dito para qualquer filho ou filha de Campina Grande, diante de tantos fatos que têm acontecido, denúncias muito graves, envolvendo a ‘Operação Famintos’, algo que tem nos preocupado bastante, que Campina precisa de projeto, e meu nome está sim à disposição para poder mudar isso que vem sendo feito em Campina Grande”, declarou.

Além de Ana, o senador Veneziano Vital (PSB), a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), o deputado federal Damião Feliciano (PDT) e o deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB), figuram como opções.

Redação