Fale Conosco

Eleitores que não compareceram ou não justificaram a ausência nas últimas três votações eleitorais devem ficar atentos ao prazo aberto pela Justiça Eleitoral. A partir desta quinta-feira (7), quem pretende regularizar a situação tem até o dia 6 de maio para assim fazer.

Em todo o país, mais de 2,6 milhões de pessoas estão irregulares com a Justiça Eleitoral. Quem não ficar em dia com a Justiça Eleitoral fica proibido, por exemplo, de tirar passaporte, e até receber salário, no caso de servidores públicos ou empregados de entidades mantidas ou subvencionadas pelo governo.

Quem tiver o título cancelado também não poderá participar de concursos públicos; obter empréstimos em instituições de crédito ligadas ao governo; ou mesmo renovar a matrícula em instituições de ensino público ou que sejam fiscalizadas pelo governo.

Fonte: T5