Brasil

Porteiro que falou com Ronnie Lessa não é o mesmo do depoimento que citou Bolsonaro

O porteiro que prestou depoimento e anotou no livro o número da casa do presidente Jair Bolsonaro não foi o mesmo que falou com o PM reformado Ronnie Lessa – é o que afirmou, nesta segunda-feira (04), o jornalista e colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim.

De acordo com o blog, o funcionário que prestou os depoimentos em outubro, e disse ter ouvido ‘ok’ de Bolsonaro quando Élcio Queiroz, suspeito de participar do assassinato da vereadora Marielle Franco, quis entrar no condomínio, ainda está de férias.

O porteiro do áudio divulgado pelo filho do presidente Carlos Bolsonaro seria outro. Segundo o colunista, a Polícia Civil do Rio de Janeiro está em investigação e tem novidades sobre o caso.

Da redação

Tags: Tags: