Notícias

Porque ninguém até agora quis ouvir o que tem a dizer Paulo Badaró, o cara que criou e executou o Jampa Digital?

Todo mundo fala no “Escândalo do Jampa Digital”, mas ninguém procurou ouvir o principal envolvido, que é o então secretário de Ciência e Tecnologia da Prefeitura de João Pessoa na época, Paulo Badaró de França.

Indicado pelo PP, ele antecedeu Aguinaldo Ribeiro, foi seu adjunto e depois ascendeu de volta a titularidade quando este saiu da pasta para disputar a eleição de deputado federal, segundo explicou hoje em sua coluna o jornalista Rúbens Nóbrega

Mas, o que então falta para a imprensa paraibana ouvir a opinião da pessoa que articulou e executou o projeto Jampa Digital?

O que ele tem a dizer? Recebeu propina? Não recebeu? É culpado ou inocente? Estava a serviço e alguém?

Com a palavra Paulo Badaró.

Com atitudes de moita, Paulo Badaró sempre foge dos holofotes, como nesta foto de sua posse na secretaria de Ciência e Tecnologia da PMJP, onde fica no cantinho direito fugindo das câmeras.