Fale Conosco

O Ministro do Turismo, Vinicius Lage, vem à Paraíba nesta sexta-feira, 8, para discutir a questão da remoção dos bares e restaurantes da Praia do Jacaré que caso aconteça poderá culminar com o fim do maior referencial turístico do estado da Paraíba que é o espetáculo do pôr do Sol ao som do Bolero de Ravel.

O ministro também terá uma série de encontros com o trade turístico paraibano, onde apresentará projetos turísticos para o estado. O Ministro atende solicitação do Senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) e vem à Paraíba junto com o Diretor de Mercados Internacionais da Embratur, o paraibano Gilson Lira.

O ministro Vinícius Lages participa de almoço oferecido pela Associação dos Bares e Restaurantes da Praia do Jacaré, onde vai ouvir dos integrantes da associação os detalhes do impasse que eles vêm enfrentando. No final da tarde ele segue para assistir, ao som de Bolero de Ravel, executado por Jurandy do Sax, o pôr do sol mais bonito do Brasil, na Praia do Jacaré.

Novo projeto – A Câmara Municipal de Cabedelo realizou na noite dessa quinta-feira, 7,  uma Sessão Especial com o objetivo de discutir a retirada dos bares e restaurantes instalados no Parque Turístico da Praia do Jacaré. A remoção foi solicitada pela Superintendência do Patrimônio da União (SPU), sob a orientação do Ministério Público Federal.

 O prefeito Leto Viana esteve presente e apresentou um novo projeto que agradou a todos os presentes e atende as exigências legais. Ele pediu um prazo maior para esse novo projeto possa ser colocado em prática. “Encontramos uma solução para o problema, de forma que vamos atender aos ajustes solicitados pelo SPU, mantendo os bares e restaurantes na Praia”, afirmou o prefeito Leto Viana.

O prefeito enfatizou ainda que a retirada dos referidos estabelecimentos teria impactos na área social, econômica e turística do Estado e, em especial, do município de Cabedelo, prejudicando os comerciantes e a geração de emprego e renda.

A sessão cumpriu a sua finalidade, com debates, sugestões viáveis e decisões. Participaram representantes do Ministério Público Estadual, Secretaria de Turismo do Estado e do município de Cabedelo, parlamentares e representantes dos funcionários e donos de estabelecimentos comerciais da Praia do Jacaré.

Os representantes do Ministério Público Federal (MPF) e da Superintendência da União (SPU), principais responsáveis pela ação de retirada dos equipamentos da Praia do Jacaré, não estiveram presentes à sessão, apesar de terem sido convidados pela Câmara Municipal de Cabedelo, conforme anunciou o presidente Lucas Santino, na abertura dos trabalhos.

De acordo com o empresário Leonardo Mendes, presidente da Associação dos Donos de Bares e Restaurantes do Polo do Jacaré, A união de todos é muito importante para que toda uma cadeia produtiva não seja destruída com a derrubada dos bares e restaurantes. “Não são apenas os comerciantes que sofrerão com essa ação, pois são centenas de pessoas que dependem direta e indiretamente daqueles equipamentos. Está de parabéns a prefeitura pelo novo projeto que visa manter esse espetáculo que é reconhecido internacionalmente”, disse Leonardo.

O presidente da Comissão Representativa dos Comerciantes do Polo Cultural e Gastronômico da Praia do Jacaré, Clenildo Costa, também é da mesma opinião de Leonardo Mendes e acrescentou que a permanência dos bares e restaurantes é também uma questão política sem cores partidárias. “Todos estão unidos em um só objetivo. São centenas de pessoas que sobrevivem do trabalho que dedicam ao maior espetáculo turístico cultural da Paraíba. O espetáculo não pode acabar”, concluiu.