Fale Conosco

A moda do dinheiro na mala preta está de volta. Numa operação cinematográfica, a polícia de São Paulo prendeu Iuri Conrado Posse Ribeiro (ao centro na foto abaixo), que vem a ser auditor da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), com uma mala cheia de dinheiro: R$ 400 mil. O dinheiro foi fruto de uma extorsão praticada contra um empresário, que realizava obras para a Aneel.

O “pagamento” foi feito num restaurante de um shopping de São Paulo. O auditor acabou cercado ao abrir a mala, olhar o dinheiro e dar o negócio como realizado. O auditor foi levado para a 2ª  Delegacia de Investigações sobre Fraudes Financeiras e Econômicas (DIG) onde foi autuado. Ele negou que fosse dinheiro de extorsão.

Mas, o empresário gravou toda a conversa com o auditor. A Aneel promete investigar o escândalo e, sendo o caso, punir o funcionário na forma da lei.

Dinheiro na mala aneel02

BHM