Fale Conosco

O PIX, nova solução de pagamentos do Banco Central, chamou a atenção por ser totalmente gratuito e instantâneo, ganhando a confiança de milhões de brasileiros. Nos seus três meses de funcionamento, os usuários do serviço realizaram em média 378 milhões de transferências e pagamentos e, somente este ano, cerca de 286 milhões de operações foram realizadas via PIX. Porém, o serviço poderá passar por transformações nos próximos meses. Os usuários que optarem por fazer saques de dinheiro no comércio, podem ter que pagar tarifas pela operação.

O Banco Central foi procurado para explicar o assunto e alegou que a cobrança de tarifas pelas instituições financeiras ou pelos lojistas ainda está sendo analisada. O saque em espécie no comércio através do PIX deve começar a operar em junho e os bancos e fintechs podem cobrar taxas para os saques feitos nos caixas eletrônicos. Alguns clientes, a depender do seu relacionamento com a instituição, têm isenção na cobrança desta tarifa.

Foto: reprodução.