Fale Conosco

Continuando a série de matérias elaboradas pela assessoria de comunicação do Partido dos Trabalhadores de Campina Grande, onde várias lideranças políticas e comunitárias da Rainha da Borborema manifestam apoio à permanência de uma candidatura própria do PT na cidade. Quem concorda com esse posicionamento é membro da Democracia Petista, Basílio Carneiro.

Para Basílio manter a candidatura petista na cidade é importante, pois coloca o partido novamente como protagonista no cenário eleitoral e dá prosseguimento ao projeto nacional do PT que é ter candidatura própria nas principais cidades brasileiras. “Em Campina o militante petista está ansioso para votar no 13”.

A tendência no qual Basílio integra a Democracia Petista é uma ala do PT já conhecida nacionalmente e veio a substituir desde agosto em Campina Grande o Grupo de Resistência Petista (GRP). Ele está convicto de que uma candidatura majoritária do partido representará os anseios da sociedade, que já observa em ações do governo federal suas ações em prol dos mais necessitados, seja via, o programa Bolsa Família, as iniciativas em prol dos pequenos agricultores, o acesso a casa própria pelo Minha Casa Minha Vida, dentre outras.

Seguindo esse pensamento o presidente do diretório do Partido dos Trabalhadores de Campina Grande (PT-CG), Alexandre Almeida, onde afirma que é preciso que o partido siga as orientações da Direção Nacional e Estadual da legenda que decidiu em assembleias por candidaturas próprias nos maiores colégios eleitorais do Estado. “Esse posicionamento só ratifica o que e executiva municipal já havia decidido há cerca de quatro meses”.

Outra fiel defensora da candidatura do PT é a petista Socorro Ramalho que integra a executiva do partido na cidade e comenta que é preciso o PT voltar a ser o protagonista de uma eleição majoritária. “O PT quer dar continuidade as ações exitosas do prefeito Veneziano Vital do Rêgo, ao qual ajudou a eleger. Mas entendeu por apresentar sua candidatura própria”, afirmou Socorro.

Outro fiel defensor da candidatura petista é o ex-vice-prefeito de Campina Grande e atual presidente da Agência Municipal de Desenvolvimento (AMDE)  Francisco (Tico) Lira, que alega que os mais de 4 mil filiados do partido na cidade já definiram isso há quatro meses.