Fale Conosco

Recebi informações de que o Ibope, ou uma terceirização, estaria recrutando “entrevistados” para uma pesquisa que será publicada antes do final da campanha.

Diz minha fonte que um funcionário seu foi recrutado para ir até um escritório em João Pessoa preencher um cadastro, assinalar Luciano Cartaxo como sua opção para prefeito e depois assinar o questionário.

“Ele me disse que sua esposa foi também e que pelo serviçoreceberam R$ 40,00 cada”, denucnniou a fonte, que promete me contar onde é o endereço nas próximas horas.

Entenderam? Alguém que tá realizando pesquisa para o Ibope, ou usando o nome do instituto, está comprando intenção de voto, o que é proibido, pois tira a lisura de uma pesquisa e é fraude sujeita as sanções da Legislação Eleitoral.

Pelo que entendi, a suposta empresa estaria “montando uma pesquisa com resultado pré-definido”.

Atenção Polícia Federal: aqui em João Pessoa estão fazendo o mesmo que fizeram em Cajazeiras e lá tinha um membro PT envolvido.

É preciso esclarecer se é uma farsa para prejudicar o Ibope ou se é uma fraude para ajudar Luciano Cartaxo.

Perguntar não ofende: porque Nonato Bandeira manda impugnar todas as pesquisa e só deixa de fora Consult e IBOPE?