Fale Conosco

Pré-candidato ao Governo do Estado pelo PSB, o secretário de Recursos Hídricos e Infraestrutura, João Azevêdo, voltou a falar sobre a decisão do governador Ricardo Coutinho (PSB) de permanecer no cargo até o fim do mandato, descartando assim uma disputa ao Senado em 2018.

Na avaliação de Azevêdo, a Paraíba perde com a não postulação de Ricardo, diante da crise política que o país enfrenta. “Eu acho que o fato de não ser candidato ao Senado, perde a Paraíba, e perde própria discussão dentro do Senado, porque Ricardo tem competência, qualidade política, conhecimento político e experiência administrativa”, declarou.

Porém, na visão do auxiliar do governador, além de ser uma decisão restritamente pessoal, a permanência do socialista na mais alta cadeira do estado é fundamental para “promover a continuidade da gestão” e “em termos de estratégia política”.

“Em termos de estratégia política, para que a gente possa promover a continuidade da gestão administrativa do estado, eu acho que ele está absolutamente correto em permanecer até o fim da gestão, cumprindo esse calendário enorme de inaugurações, ordens de serviço e obras que vão acontecer até 31 de dezembro de 2018. É o que Ricardo gosta de fazer. Ele é gestor por natureza”, explicou.

 

 

Fonte: Blog do Gordinho