Fale Conosco

Claro que não desejo nenhum mal ao amigo leitor, mas se por acaso o colega aí sofrer um acidente, peça a Deus que lhe ilumine e lhe proteja, pois o Hospital de Trauma de João Pessoa quebrou.

Ou saque dinheiro na poupança e corra para um hospital particular, caso não seja prevenido e tenha um plano de saúde. Se bem que os tais planos privados estão uma “M”.

Lá no Trauma não tem médico, pois todos se demitiram e os que estiverem trabalhando não estão nada satisfeitos, ou seja: pode sobrar para você.

Pense numa crise chata, alimentada e realimentada por um governador intransigente!

O que fazer? Chamar a Polícia? Aí você também corre risco, pois os caras estão “P” da vida e a partir de agora vão ter que se virar com 15 reais por dia para tomar café, almoçar e jantar, pois acabaram com o rancho da PM.

Só lhe restará apelar pra Deus, mas o problema é que o governador acha que é Ele e a sua conversa poderá ser grampeada por São Pedro, ou melhor: por Nonato Bandeira, o porteiro daquele céu.

Só lhe restará o consolo de ir pra casa repousar, mas nem isso será possível, pois a greve da rede estadual anda perto de completar trinta dias e a meninada tá em casa fazendo a maior zoeira.

Boa sorte!