Fale Conosco

O empresário e pré-candidato a prefeito de Lucena, Paulo de Tácio disse que irá lutar pela instalação de uma montadora de automóveis em Lucena, e para isso já contratou uma empresa especializada em projetos para auxiliá-lo na elaboração do seu Plano de Ação Administrativa, que resultará numa gestão voltada para os grandes empreendimentos estruturantes nas área de turismo, mobilidade urbana, urbanização de áreas periféricas, e implantação de um Distrito Industrial, aproveitando-se do Complexo Pesqueiro-Portuário Lucena/Cabedelo e da Zona Franca que foi aprovada pelo Senado Federal.

– “A hora é de se pensar numa Lucena grande, com obras impactantes, que possam resgatar o progresso e o orgulho de ser do povo lucenense”, destacou Paulo de Tácio, acrescentando que não atuará com improvisos administrativos, mas com uma gestão calçada em projetos que possam transformar Lucena de forma definitiva numa referência de desenvolvimento regional.

Para Paulo de Tácio, este é o momento de Lucena, que foi uma das 184 cidades do país escolhidas como prioritárias nos investimentos federais para a Copa do Mundo de 2014. “Somos a bola da vez na Paraíba, e não podemos perder esta oportunidade de ouro”, sentenciou, assegurando que dentre os projetos estruturantes, além da construção da ponte ligando o município a Cabedelo, que vai fazer disparar o turismo, com a elevação dos níveis de emprego e renda, também se preocupará com o embelezamento do lugar para melhor receber os turistas durante a Copa do Mundo.

Outra prioridade é a preparação da cidade para a instalação da Zona Franca de Exportação, que já foi aprovada pelo Senado Federal e que alavancará o desenvolvimento industrial em todo o Litoral Norte. Mesmo dizendo que os técnicos irão ainda avaliar quais as melhores oportunidades de negócios, Paulo de Tácio deixou escapar que buscará parceiros nos grandes grupos nacionais e estrangeiros, interessados em investir no Nordeste.

– “Vamos buscar todas as formas de desenvolvimento, inclusive buscaremos conversar com montadoras de automóveis que possam investir com a instalação de uma fábrica em nossa cidade, aproveitando-se das facilidades que a Zona Franca nos oferecerá com a isenção de impostos e com subsídios para produção com vistas a exportação. Por isso, repito, este é o grande momento de Lucena”, festeja Paulo de Tácio, informando que o pessoal que está contratando para elaboração do seu Plano de Ação irá conversar com a comunidade local, ouvindo seus anseios e expectativas.