Fale Conosco

Profissionais da Atenção Básica de Patos estão passando por uma capacitação para a implantação do Prontuário Eletrônico Cidadão (PEC) em todas as 40 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. O treinamento para a alimentação do sistema teve início na tarde desta segunda-feira (26) e se estenderá até a tarde de quarta-feira (28).

 Estão sendo capacitados todos os profissionais que atuam nas UBS do município, entre médicos, enfermeiros, odontólogos, técnicos e recepcionistas. Com isso os atendimentos nas unidades estarão acontecendo apenas no turno da manhã. No turno da tarde os profissionais estão à disposição do treinamento do PEC. Contudo, os horários de atendimento à população nas UBS se normalizam ainda nesta quinta-feira, 1º de março.

O PEC tem como objetivo a identificação do registro dos atendimentos por meio do Cartão Nacional de Saúde (CNS), e a capacitação visa treinar os profissionais a manusearem o software de forma hábil, com qualidade e segurança.

De acordo com o gerente de Atenção Básica, Bruno Alves, o PEC funciona também como um sistema integrado de informações e isso facilitará a identificação de cada usuário do serviço de saúde do município.

“O prontuário eletrônico é um software que vai reunir todas as informações clínicas e administrativas dos nossos usuários. Então essa capacitação visa a transmissão dos conceitos teóricos, mas também práticos a cerca do PEC. Estão se capacitando médicos, enfermeiros, odontólogos, auxiliares de saúde bucal, técnicos de enfermagem e recepcionistas, tudo isso visando um atendimento de qualidade, resolutivo e com grande agilidade,” disse Bruno.

O gerente destacou ainda o pioneirismo da gestão patoense na implantação do PEC. “Patos sai na frente, uma vez que, poucas cidades já implantaram o PEC, aqui na Paraíba só algumas já aderiram. Então Patos sai na frente sendo referência para alguns municípios, inclusive estamos recebendo alguns profissionais de outros municípios que vieram conhecer o nosso sistema e os nossos equipamentos para poderem levar para seus municípios,” comentou o gerente.

 

 

Coordecom