Fale Conosco

O município de Patos foi contemplado com o programa “Melhor em Casa” desenvolvido pelo Governo Federal através do Ministério da Saúde. A aprovação do projeto foi uma conquista da atual gestão que lutou, mesmo antes de assumir, para trazer mais uma modalidade de assistência médica para os usuários do SUS em Patos. Mais uma equipe do NASF também irá compor o quadro de assistência à saúde básica da população.

A secretária de Saúde, Andressa Lopes Sobreira, que esteve em Brasília intercedendo pela aprovação do programa, comentou sobre os benefícios que serão entregues à população e a realização de tão valoroso projeto.

“Ao assumirmos a gestão, tive o cuidado de analisar a nota técnica do Ministério da Saúde da atenção básica e observei que Patos não tinha sido contemplada com uma equipe do “Melhor em Casa” que presta uma assistência essencial à população, além disso, uma nova equipe do NASF beneficiará o município”, esclareceu. 

O Melhor em Casa é um serviço utilizado para pessoas que apresentam dificuldades temporárias ou definitivas de sair do espaço da  sua residência para chegar até uma Unidade de Saúde, ou ainda para pessoas que estejam em situações nas quais a atenção domiciliar é a mais indicada para o seu tratamento. A atenção domiciliar visa a proporcionar ao paciente um cuidado mais próximo da rotina da família, evitando hospitalizações desnecessárias e diminuindo o risco de infecções, além de estar no aconchego do lar.

O atendimento é realizado por equipes multidisciplinares, formadas prioritariamente por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e fisioterapeuta ou assistente social. Outros profissionais (fonoaudiólogo, nutricionista, odontólogo, psicólogo, terapeuta ocupacional e farmacêutico) poderão compor as equipes de apoio. Cada equipe poderá atender, em média, 60 pacientes, simultaneamente.

Uma portaria do Ministério da Saúde também já autorizou a abertura de mais uma unidade do NASF para o município que irá contribuir na assistência da atenção básica para a população. O momento é de mapeamento do município para detectar as áreas mais carentes de assistência e a previsão é de que ainda este ano a equipe seja formada e já comece a prestar esses serviços.