Paraíba

Parque da Lagoa comemora três anos de revitalização e se consolida como cartão-postal de João Pessoa

12 de junho não é só o Dia dos Namorados. É comemorado também o aniversário de revitalização de um dos cartões-postais mais amados de João Pessoa: o Parque da Lagoa Solon de Lucena. Este ano, o espaço público que fica no coração da cidade e é considerado um dos mais frequentados pelos paraibanos e turistas, completa três anos de revitalização feita pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).

“Nós transformamos a Lagoa em um verdadeiro parque e mudamos a relação que a população tem com o local. Quem passa pela região a qualquer hora do dia, percebe que hoje a Lagoa é um espaço de bem-estar, da prática de esportes e de lazer, reunindo todas as gerações de pessoenses. É também para os turistas que chegam à cidade e se encantam com o Parque da Lagoa, que se tornou o mais visitado da cidade”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

História de amor é o que não falta no Parque da Lagoa. É o caso de Lucas Ferreira de Lima, de 22 anos, e a supervisora de vendas, Micaela Luiza Bezerra de Lira, de 21 anos. Ele é natural de São Paulo e ela, de João Pessoa. Há seis meses, numa tarde de quinta-feira, o destino resolveu unir o casal. Entre encontros e desencontros, os jovens estão juntos desde então e sempre vêm ao espaço para comemorar o namoro.

“Eu morava no bairro dos Ipês e, como eu trabalhava aqui perto, vivia no Parque da Lagoa para descansar. Numa tarde que eu estava aqui sentada escutando música, notei que ele começou a me paquerar e conversamos. De lá pra cá, iniciamos o namoro. O Parque da Lagoa é muito legal, bonito, acessível, seguro e estamos sempre aqui comemorando esse amor que o destino uniu”, disse Micaela.

Em fevereiro, Lucas Ferreira até voltou para morar em São Paulo, mas gostou tanto de João Pessoa e da Micaela que resolveu se mudar para a casa dos parentes nordestinos. “Passei mais ou menos um mês lá em São Paulo de volta, mas conversamos muito e resolvi me mudar de vez para João Pessoa. A cidade é linda e esse Parque da Lagoa nem se fala. Sempre quando a gente pode, marca de se encontrar aqui, que foi onde a gente se conheceu”, contou Lucas.

 Fauna e Flora – A revitalização do Parque da Lagoa também devolveu uma das mais importantes funções do espaço. Hoje, a fauna e a flora trouxeram mais vida à região. Se antes era difícil encontrar algum animal, hoje, é fácil encontrar diversas espécies de pássaros, insetos, peixes e até gansos. O verde também é uma das marcas do Parque da Lagoa, que tem 215 Palmeiras e outras 738 árvores nativas (Pau-Brasil, Sibipiruna, Gameleiras, Oitizeiros, Pitombeiras, Ipês amarelos, róseos e roxos) e exóticas (Ficus macrocarpa, Castanholas, Cássea Ferruginha).

O Parque – O local conta com 12 praças, ciclovia, brinquedos fixos de madeira, pista de cooper, pista de skate com padrão internacional, área para esportes radicais, com slackline, parede de escalada e um deck disponível gratuitamente para festas e eventos. Além disso, são 14 quiosques divididos em sete baterias, todas com banheiros públicos e um posto policial para a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar. São 35 mil metros quadrados de passeios pavimentados e ligados às quatro entradas do Parque, que tem 553 pontos de iluminação, sendo 262 refletores de lâmpadas LED.

Tags: Tags: